Menu de serviços

Página principal Associação do Ministério Público do Rio Grande do Sul

700x300
Carregando...
Notícias

Saiba para onde estão sendo destinados os recursos da campanha S.O.S Chuvas

Entidade que representa mais de mil promotores, promotoras, procuradores e procuradoras de Justiça do Rio Grande do Sul, a Associação do Ministério Público do Rio Grande do Sul (AMP/RS) está arrecadando recursos para auxiliar as vítimas das enchentes por meio da campanha S.O.S Chuvas. A iniciativa não tem qualquer relação com outras entidades e governos e é inteiramente conduzida pelos representantes do Ministério Público gaúcho, que uniram forças neste momento de extrema dificuldade para ajudar quem mais precisa em todo o Estado. 

Neste primeiro momento, os valores arrecadados estão sendo destinados à compra de mantimentos e itens essenciais para o socorro e o acolhimento das vítimas nas centenas de cidades do Rio Grande do Sul que estão em situação de calamidade pública. “Em meio a este momento crítico, em que o Rio Grande do Sul pede ajuda, estamos presenciando uma enorme corrente de solidariedade que se manifesta no alto volume de doações e na presença de incontáveis voluntários que estão trabalhando dia e noite para acolher as vítimas desta catástrofe”, ressalta o presidente da AMP/RS, João Ricardo Santos Tavares. “Agradecemos imensamente o apoio de todos que estão aderindo à campanha. Juntos, seguiremos amparando aqueles que mais precisam de ajuda”, completa.

Todas as ações da AMP/RS estão sendo documentadas e serão divulgadas em uma prestação de contas completa, aberta e transparente a ser realizada após este momento de resgate e emergência. Enquanto isso, a prestação de contas parcial da destinação dos recursos pode ser acompanhada, abaixo, na lista de algumas das ações já realizadas.

Participe da campanha S.O.S Chuvas com doações para o PIX (CNPJ) 870.275.950.001-57 ou transferência bancária: Banco Sicredi (748) - Agência 0105 - Conta 50370-3

12/06

Por meio da campanha "S.O.S Chuvas", AMP/RS doou mais de 1,5 mil kits de material escolar para a iniciativa "Doação Nota 10", promovida pelo Ministério Público do Rio Grande do Sul. A ação é direcionada para beneficiar alunos da rede pública afetados pelas enchentes, para terem condições de seguir frequentando as aulas, depois da calamidade no mês de maio. Parte dos kits já foi entrege para estudantes de Porto Alegre e Canoas. A mobilização conta com as parcerias da vice-presidente de Mobilização Social e Relacionamento da AMP/RS, Márcia Regina Nunes Villanova, e da coordenadora do Centro de Apoio Operacional da Educação, Infância e Juventude (CAOEIJ), Cristiane Della Méa Corrales. 

11/06

Em Restinga Sêca, município da região Central, a AMP/RS aderiu ao movimento de construção da nova sede da Casa do Idoso Marino Lovato. A ação contou com apoio do promotor Cláudio Estivalet. O antigo abrigo foi severamente castigado pela cheia do Rio Vacacaí. O espaço acolhe 16 idosos.

05/06

Em Sinimbu, cidade que foi severamente afetada pela cheia do Rio Pardinho, a AMP/RS realizou a entrega de 64 kits escolares contendo canetas, lápis, mochilas e cadernos para os estudantes das escolas municipais e estaduais. A iniciativa contou com o apoio do promotor João Beltrame.

04/06

Em Eldorado do Sul, a AMP/RS adquiriu cestas básicas e produtos de limpeza para doar aos moradores do bairro Sans Souci. A cidade foi uma das mais afetadas pelas enchentes no estado, tendo mais de 80% dos domicílios afetados pelas águas.

03/06

Em Porto Alegre, a AMP/RS também doou recursos para o Instituto III Terceiro Milênio, responsável pelo projeto Cozinha Solidária, que visa produzir e distribuir alimentos para população atingida pela calamidade pública. As marmitas são preparadas na sede da instituição, localizada no bairro Lindóia. Por dia, serão produzidas 300 refeições. A cooperação foi viabilizada pelo  titular do Conselho de Representantes da AMP-RS, procurador Vieira da Cunha.

02/06

Para auxiliar na entrega logística de donativos, a Associação do Ministério Público do Rio Grande Sul por meio da Vice-presidente de Mobilização Social e Relacionamento, Márcia Villanova viabilizou o transporte de doações vindas de São Paulo para o Estado. As entregas foram destinadas para comunidades carentes dos bairros Mathias Velho, em Canoas, e Humaitá, na Capital. Foram doados colchões, cestas básicas, vestimentas, fraldas e materiais de limpeza e higiene. As doações foram arrecadadas pelo restaurante Consulado Gaúcho.

29/05

Em parceria, a Associação do Ministério Público do Rio Grande do Sul (AMP/RS), o Ministério Público e a Faculdade de Arquitetura da UFRGS se uniram para viabilizar a produção de rodos para serem doados a pessoas afetadas pelas enchentes.  O item é considerado essencial para limpar as casas e remover a lama acumulada das enchentes. As ferramentas de limpeza, projetadas pela universidade, estão sendo montadas pelos recuperandos da Associação de Proteção e Assistência aos Condenados de Porto Alegre (APAC Porto Alegre). A expectativa é de que sejam produzidas 300 unidades por dia. A Assembleia Legislativa e a Secretaria de Sistemas Penal e Socioeducativo do RS também colaboram na parceria. 

Em Encantado, a AMP/RS por meio da campanha S.O.S Chuvas também adquiriu uma moto elétrica para auxiliar no deslocamento de uma cadeirante. A iniciativa contou com apoio da procuradora de Justiça do MP/RS, Noara Bernardy Lisboa.

Em Santa Cruz do Sul, município castigado com a cheia do Rio Pardinho, a AMP/RS realizou a compra de diversos materiais escolares como canetas, cadernos, lápis e estojos para auxiliar os estudantes afetados da cidade. Com isso, serão montados kits escolares para serem doados a comunidade escolar. A iniciativa contou com apoio do promotor João Beltrame.

28/05

Em Rio Pardo, a campanha S.O.S Chuvas da AMP/RS adquiriu mais dez fogões que serão doados às vítimas das enchentes. A ação é organizada pelos promotores de Justiça da cidade, Daniel Cozza Bruno e Christine Mendes Ribeiro Grehs. Os fogões serão entregues ao centro de distribuição de Rio Pardo e posteriormente encaminhados à população. 

23/05

Na cidade de Taquari, localizada em uma das regiões mais castigadas pelas enchentes no Rio Grande do Sul, a AMP/RS realizou a doação de diversos fogões que serão repassados às famílias atingidas pela cheia do rio Taquari. A entrega contou com a presença do titular do Conselho de Representantes da AMP-RS, procurador Vieira da Cunha, e do promotor da Comarca de Taquari, André Eduardo Schröder Prediger.

Já em Sobradinho, foram entregues kits escolares para Apae Sobradinho a fim de auxiliar na retomada das atividades escolares na região. A doação ocorreu de forma conjunta entre AMP/RS, Polícia Civil e o Conselho Comunitário Pró-Segurança Pública (CONSEPRO) de Soledade com apoio da promotora de Justiça de Soledade Adriana Costa. A cidade de Sobradinho, na região Central, também decretou estado de calamidade em função das chuvas.

22/05

Em Pelotas, a Associação do Ministério Público do Rio Grande do Sul doou jaquetas de neoprene para o 5º Batalhão de Polícia de Choque da Brigada Militar. As peças proporcionam maior conforto térmico e tátil para os brigadianos que realizam patrulhamento com barcos em áreas alagadas do município. A entrega foi intermediada pelo promotor de Justiça Rogério Caldas.

21/05

Em Estrela, a Associação doou à AAIA – Pousada da Criança sofás, garrafas térmicas, uma televisão e uma chaleira elétrica. A instituição foi gravemente danificada pela enchente que assolou o Estado e recebeu auxílio da AMP/RS e dos promotores André Costa e Andrea Almeida Barros para compra dos itens.

20/05

Em Pelotas, um abrigo localizado no bairro Laranjal, com 154 desalojados, recebeu uma máquina de lavar roupas e serviços de reparo na fiação de chuveiros elétricos. O local ganhou apoio da AMP/RS e da promotora de Justiça Daniela Timm Ferreira.

18/05

Nas cidades de Santa Cruz e Sinimbu, a Associação do Ministério Público do Rio Grande do Sul (AMP/RS), em parceria com o Rotary Club Tipuanas, realizou a doação de 80 fogões para os moradores afetados pelas chuvas. A ação foi capitaneada pelo promotor Jefferson Dallagnol.

16/05  

Em Cachoeira do Sul, a Associação doou oito lavadoras de alta pressão para a Defesa Civil utilizar nos trabalhos de limpeza após a cheia do Rio Jacuí. A entrega dos equipamentos contou com a presença da promotora Débora Jaeger Becker. 

Ainda em Cachoeira do Sul, a AMP/RS vem apoiando o projeto de recuperação de equipamentos elétricos atingidos pela enchente. A iniciativa é conduzida por professores e alunos da Universidade Federal de Santa Maria (UFSM), do campus de Cachoeira do Sul. No local, existem 229 equipamentos, entre geladeiras, máquinas de lavar, fornos, micro-ondas, TVs e demais eletrodomésticos e ferramentas de trabalho. Destes, 107 já foram limpos, secos e tiveram seus circuitos testados, com uma taxa de sucesso de 75%.

16/05

Em Porto Alegre, um abrigo com mais de 200 desalojados também recebeu diversos itens básicos de higiene. O espaço fica localizado na zona norte e é coordenado pela Brasa Church. A doação foi intermediada pela promotora de Justiça Cinara Dutra Braga junto à AMP/RS. Hoje, o nível do Lago Guaíba, em Porto Alegre, voltou a ficar abaixo dos 5 metros. No último dia 5, o Guaíba chegou a 5,30 metros, quando o recorde anterior era 4,76 metros, registrado em 1941.

15/05

Para a região metropolitana de Porto Alegre, a Associação do Ministério Público doou mil litros de combustível para abastecer as  embarcações que estão atuando nos trabalhos de busca e resgate.

Também em Porto Alegre, com o valor doado pela AMP/RS, estão sendo produzidas diversas mantas e roupas para crianças e bebês. As entregas estão sendo realizadas diretamente para as mães necessitadas em diferentes locais de acolhimentos.

13/05

Em Faxinal do Soturno, na região Central, a AMP/RS entregou ao Instituto Renascer Faxinal do Soturno uma série de itens de higiene pessoal, além de diversas roupas íntimas para acolher as vítimas das enchentes. A doação contou com apoio do promotor Claudio Antonio Rodrigues Estivallet Junior.

11/05 

A Associação também entregou 50 jogos de lençóis em um abrigo destinado exclusivamente para acolher mulheres, que foi instalado no Foro Regional do Partenon. A promotora Cinara Dutra Braga auxiliou na cooperação dos donativos.

10/05

Em Rio Grande, a Promotoria de Justiça recebeu da AMP/RS uma série de denotativos e colchões para acolher as vítimas das enchentes no município da região Sul do RS. A ação foi mediada pelo promotor de Justiça José Alexandre da Silva Zachia Alan. Em um dos abrigos coordenados pelo MP, foram abertas vagas exclusivas para mulheres e crianças. Com o nível da Lagoa dos Patos acima de 2m37cm, Rio Grande registra a maior cheia da história da cidade, desde 1941. 

09/05

Em São Jerônimo, na região Carbonífera, foram doados alimentos e itens de primeira necessidade ao Centro de Referência à Mulher Florescer, espaço de acolhimento de vítimas em situação de vulnerabilidade social. A entrega contou com apoio da promotora de Justiça Júlia Flores Schutt. A cheia do rio Jacuí deixou centenas de famílias desalojadas em São Jerônimo.

08/05

Em Canoas, na região metropolitana, a AMP/RS realizou a doação de 71 colchões à Universidade La Salle, que abriga 700 pessoas desalojadas pelas enchentes. A doação foi realizada com apoio da promotora Cinara Vianna Dutra Braga. 

Em Caxias do Sul, na Serra, a AMP/RS doou produtos de limpeza e utensílios como baldes, vassouras, rodos e capas impermeabilizantes para colchões, por exemplo. Os materiais foram encaminhados para a Fundação de Assistência Social de Caxias do Sul, responsável pelo acolhimento de vítimas no Ginásio do Sesi. A entrega foi intermediada pelo promotor de Justiça Eduardo Lumertz.

Por meio dos recursos arrecadados na campanha S.O.S Chuvas, foram adquiridos 444 metros de telhas para amparar a população afetada pela enchente em Bento Gonçalves, na região da Serra. Os materiais foram comprados a preço de custo junto à empresa Solução Telhas e Metais, que aderiu à corrente de solidariedade que se instalou em todo o Estado, por iniciativa do Promotor de Justiça, Manoel Figueiredo Antunes. As telhas foram encaminhadas para a Defesa Civil de Bento Gonçalves, que fará a distribuição nas áreas mais afetadas do município. 

Em outra frente, a AMP/RS também entregou remédios, donativos, alimentos não perecíveis, fraldas geriátricas e de crianças na sede do Ministério Público, na Rua Santana, 440, em Porto Alegre. Os itens arrecadados foram destinados aos abrigos de acolhimento às vítimas das enchentes.

Além das doações, a AMP/RS também abriu o ginásio de esportes da sede campestre, na Zona Sul de Porto Alegre, para abrigar servidores do Ministério Público que estão desabrigados devido à situação de calamidade pública no Estado. No ginásio, os servidores acolhidos têm recebido abrigo, roupas e alimentação. Uma equipe de voluntários da AMP/RS atua para dar suporte às vítimas.  

04 e 05/05

A AMP/RS realizou as primeiras entregas de donativos adquiridos com os valores arrecadados na campanha S.O.S Chuvas. Os primeiros valores arrecadados foram convertidos em cobertores, colchões e mantimentos entregues a famílias da Região das Ilhas, em Porto Alegre, área duramente impactada pela cheia do Guaíba. Alimentos e produtos de higiene também foram comprados e destinados ao Centro Social Padre Pedro Leonardi, localizado no bairro Restinga, na zona Sul de Porto Alegre.

Em Guaíba, recursos foram doados via AMP/RS para Defesa Civil do município a fim fortalecer o atendimento à população atingida pelas chuvas na cidade. A realização do aporte contou com a presença dos promotores de Justiça Karinna Orlandi e Fernando Sgarbossa.

Em uma iniciativa conjunta, ao longo de todo o final de semana, a AMP/RS e o Ministério Público do Rio Grande do Sul receberam doações de água, cobertores, roupas, lençóis, materiais de higiene e limpeza, alimentos não perecíveis, fraldas geriátricas e de crianças na sede do MPRS localizada na Rua Santana, 440, em Porto Alegre. Os itens arrecadados foram destinados aos abrigos de acolhimento às vítimas das enchentes.

Terça-feira, 18 de junho de 2024
Horário: 15:28
Carregando...

União Gaúcha realiza reunião semanal na sede da AMP/RS em Porto Alegre

Segunda-feira, 17 de junho de 2024
Carregando...

AMP/RS participa de audiência pública na OAB/RS para debater retomada das operações do Aeroporto Salgado Filho

Segunda-feira, 17 de junho de 2024
Carregando...

Entrevista: Presidente da AMP/RS destaca retomada das Semanas do MP por São Luiz Gonzaga

Sexta-feira, 14 de junho de 2024
Carregando...

AMP/RS realiza reunião da Diretoria Ampla de junho

Sexta-feira, 14 de junho de 2024
Carregando...

AMP/RS participa de reunião-almoço da Frentas-RS em Porto Alegre

Quinta-feira, 13 de junho de 2024
Carregando...

CONAMP Mulher termina com participação de promotoras gaúchas em painéis

Quinta-feira, 13 de junho de 2024
Carregando...
Notícias

Campanha “TE UNE MP" passa a receber doações

Sexta-feira, 14 de junho de 2024
Carregando...
Notícias

Preservação do meio ambiente marca retomada das Semanas do Ministério Público

Segunda-feira, 10 de junho de 2024

Destaques da AMP/RS

Carregando...
Palavra do Presidente

Energias redobradas para ampliar as doações às vítimas e ainda combater as fake news

Enquanto canalizamos energias para socorrer milhares de vítimas afetadas pelas enchentes no Rio Grande do Sul, lamentavelmente também despendemos forças para combater a enxurrada de notícias falsas que impacta diretamente uma sociedade já afetada pelas chuvas.

Se por um lado a Associação do Ministério Público do Rio Grande do Sul (AMP/RS) amplia, a cada dia, a rede de parceiros na campanha S.O.S Chuvas, que segue realizando inúmeras doações às vítimas das cheias, por outro também reforça o combate às fake news ao aderir a ofensiva “Diga não à mentira”, realizada em conjunto com entidades de classe que integram o Sistema de Justiça do RS.

É inacreditável que em meio à maior tragédia climática do Estado tenhamos que depositar esforços para enfrentar este criminoso esquema de desinformação. Em muitos casos, a produção e o compartilhamento de fake news pode impedir desde o salvamento de vidas até a preservação da saúde das vítimas.

Ao lado das associações de Juízes do Rio Grande do Sul (AJURIS), das Defensoras e dos Defensores Públicos do Estado do RS (ADPERGS) e dos Procuradores do Estado do RS (APERGS), atuamos para alertar e conscientizar a sociedade sobre os danos causados pela proliferação de notícias falsas.

Aos associados e incontáveis parceiros, a AMP/RS agradece imensamente todos os gestos de solidariedade e reforça o pedido para que a nossa campanha S.O.S Chuvas siga ganhando força para reverter, cada vez mais, as inúmeras arrecadações em doações para aqueles que mais precisam.

Além disso, reiteramos que a entrega de doações salva vidas. Já o compartilhamento de notícias falsas, como propagado pela campanha "Diga não à mentira", pode ter gravíssimas consequências.

Sexta-feira, 24 de maio de 2024
Ver mais palavras do presidente
Carregando...
Galeria de fotos

Confira as nossas galerias de fotos

Carregando...

Revista do Ministério Público - edição 94

Carregando...

Revista do Ministério Público - edição 93

Carregando...

Todas as revistas

Faça sua
reserva agora!

Clique aqui

Serviços para você

Reservas

SAJ

Ouvidoria

FAS

Extrato Vivo

Atas

Convênios

Mútua

Agenda

Banner para eventos Mobile
Destaque

Confraria do Vinho - Palácio do MP/RS - 09/05

Data: quinta-feira, 9 de maio de 2024 Horário: 19:30 Endereço: Praça Mal. Deodoro, 110 - Centro Histórico Porto Alegre